WCC – Capítulo 4

domingo, setembro 20th, 2015

Como sempre, esse é o que eu menos tenho animo, pela tradução para o inglês já ser uma coisa…

Enfim, capítulo traduzido por Hirune e revisado por Imi-chan.


WCC – Sanc Adiet – 

Nas mais largas planícies sobre Kaltcio, as planícies de Fonclanc, ou, para ser mais preciso, um quinto destas planícies eram ocupadas pela gigantesca cidade de Sanc Adiet. A cidade era controlada pelos usuários mais fortes das artes divinas de fogo que, ao longo dos tempos, tornaram-se a realeza. Por gerações esta cidade foi a capital do país.

A cidade funcionava sob um sistema de castas e cada cidadão sabia os limites da sua casta – aqueles com artes divinas mais fortes eram autorizados a viver nos bairros dos distritos superiores da cidade e se vangloriar de seu poder. O palácio, onde a realeza vivia, era um edifício de 10 andares. Sua estrutura e paredes abaixo do 5º andar eram reforçadas com as artes divinas.

O distrito central que se limitava aos poderosos usuários de artes divinas, [os nobres], era cercado por uma enorme muralha defensiva. Assim, não tendo lugar para se expandir, os habitantes construíam edifícios mais e mais altos para acomodar-se. Por trás dessas paredes, o distrito de classe média cercava a seção dos nobres, seguido pelo distrito da classe mais baixa.

O distrito de classe média, assim como o distrito dos nobres, era distinguido pelas estruturas que eram maiores do que os do distrito de classe baixa com vista para a área abaixo. O distrito de classe baixa também estava situado mais alto que o chão – como a cidade se expandiu, pavimento de pedra foi colocado para acomodar novas estruturas.

Basicamente, os edifícios ficam maiores em direção ao centro da cidade e, após um período de desenvolvimento imprudente, a cidade tomou uma forma oval quando olhada de cima. Na periferia da cidade havia um distrito para os impotentes que eram excepcionalmente autorizados a viver lá. Do ponto de vista da casta impotente, isso em si era uma bênção.

No cume do distrito nobre ficava o palácio Volance. O palácio foi reconstruído junto com a cidade para tornar-se cada vez maior e maior. O palácio atual retinha a arquitetura dos velhos tempos, que agora estava enterrado debaixo do pavimento de pedra e pareciam uma espécie de labirinto subterrâneo.

O muros e telhados, vizinhos ao último andar do palácio, eram adornados com o mesmo material de absorção de luz que era utilizado na produção de Shouka, envolvendo o palácio em esplendor.

Em um quarto no andar superior do palácio, uma menina, parecendo aborrecida, usando um vestido de alta classe vermelho, estava sentada com as pernas viradas para trás em um sofá, feito por um artesão altamente qualificados de artes divinas. Ela lançou um livro, que ela estava folheando, sobre a mesa.

“Chato ~. ESTOU ENTEDIADA!”

“Princesa, você está sendo imprópria.”

Repreendeu o assistente da guarda pessoal e departamento de educação, a esse comportamento tão imodesto da jovem princesa, escandalosamente cruzando as mãos atrás da cabeça e balançando para frente e para trás, sentada de pernas cruzadas na cadeira, era um problema que estava mais preocupado a cada dia.

“Pare! A senhora não pode se comportar assim! ”

“Não é como alguém se importasse, ninguém pode me ver aqui também.”

O assistente pessoal Krielov caminhou até a princesa dos usuários de artes divinas de fogo, Violet Volance, que estava balançando na cadeira estando aborrecida em sua mente, e segurou a parte de trás do assento antes de a princesa cair.

“Mhmmmm ~”

“Nenhum Mhms! Você deve agir mais como a realeza. ”

“Um grande e gloriosamente brilhante exemplo, de pé no topo dos usuários artes divinas de fogo”, Violet, que foi repreendida como de costume, murmurou aborrecidamente enquanto brincava com a unha e ignorando a bronca:

“O pai e os burocratas que o cercam são todos negros por dentro, bem como a estátua do deus maligno.”

“A estátua do deus maligno?”

“A estátua negra consagrado nos santuários impotentes.”

“Princesa, você não deve falar de nobres descendentes do deus do fogo como aqueles de tão baixo nascimento.”

Como ela começou a ser repreendida novamente, Violet descansou seu rosto entediado, colocando o queixo na mão e disse algo que causou ainda mais rugas a aparecer na testa de Krielov.

“Eu quero encontrar Zeshald.”

“……”

Olhando para a testa franzida Krielov, Violet propositadamente mencionou Zeshald. Zeshald não visitou o palácio durante vários anos, mas, quando Violet era uma criança, costumava brincar com ela.

“Você não deveria mencionar esse esquisito.”

“Por que não? Ouvi dizer que o domínio das artes divinas de água de Zeshald superam até mesmo a elite do palácio, o [Batalhão do Deus da Água] “.

Ao lado [Batalhão do Deus da Água], os soldados encarregados pelo palácio para defender e patrulhar a cidade, havia um grupo de elite, responsável por tarefas relacionadas com funcionários do palácio. O [Batalhão do Deus da Água] era um grupo de elite, composto por elites das artes divinas de água do tipo cura. Aliás Krielov era o comandante do [Batalhão do Deus do Fogo] – um grupo de elite de usuários de artes de fogo, responsável pela segurança da realeza.

“Princesa, ouvir você falar essas coisas, as pessoas podem interpretar mal isso por favoritismo. Isso só vai causar problemas para ele. ”

“Ugh … Zeshald não é uma pessoa tão fraca.”

Respondeu Violet, formando os lábios em uma expressão de mau humor.

***

“O professor está deixando para a cidade? Será que ele vai junto? ”

“Sim, Yusuke vai também estar indo com o professor. Eles vão estar fora durante 3 dias. ”

Sun estava na casa de Bahana com uma cesta cheia de frutas raras. Enquanto trocava as frutas por alguma carne seca elas estavam tendo uma conversa comum.

Os frutos que foram trazidos por Sun e personalizados por Yuusuke tinham um sabor especial. Também, eles não eram suaves como frutas raras maduras para que se pudesse sentir a textura macia quando comê-los. Isso fez com que ficassem extremamente populares entre os moradores.

“É assim mesmo? Então vá para casa, é quase hora do jantar. ”

“Mmm, obrigado.”

Bahama tratava Sun como sua própria filha. Vendo o ato menina como de costume, tia Bahana suspirou dentro: “Parece que essa criança ainda está muito longe de pensar sobre o romance”.

***

“Sim, é confortável.”

Devido a personalização de Yuusuke, ir num vagão na estrada principal para a cidade foi agradável. Se você fosse diretamente através da estrada principal pelo vagão, levava um dia inteiro para chegar a Sanc Adiet da vila Rufk.

Ao deixar no início da manhã, foi possível chegar à capital no final da noite. Antes da estrada, que se estende até o horizonte, a silhueta de uma cidade bege em crescimento poderia ser vista.

“No começo eu pensei que havia uma montanha no horizonte.”

“Hoho, bem, não há muita diferença.”

Zeshald, sentado no banco do motorista, estava explicando para Yusuke, que estava sentado na parte de trás da carroça, sobre Sanc Adiet. A cidade expandia-se quando a sua população aumentava. Para ser capaz de ver todos os cantos da cidade, o rei levantou a elevação do distrito dos nobres, o que fez a forma que a cidade tinha agora.

“Então, a cidade velha está enterrada sob a cidade atual?”

“Hmmmm ~”

Yusuke mostrou ter interesse em história, Zeshald assentiu alegremente a uma observação de uma pessoa compartilhando seus interesses.

O cavalo estava correndo incansavelmente graças as artes de água de Zeshald. Isso melhorou o conforto de viajar e manobrabilidade do vagão do nível de uma carruagem comum de alta classe. Yuusuke e Zeshald foram capazes de viajar quase sem descanso e chegaram à cidade à frente de sua programação.

“Uhm, comércios de rua (camelôs)(tendas) ainda podem estar abertos. Você quer ir para um curto passeio? ”

Depois de estacionar o vagão em um ponto vazio eles empregaram alguns impotentes para guarda-lo. Impotentes aqui habitualmente recebem seus ganhos guardando cavalos ou carroças dos comerciantes que vieram para a cidade. Impotentes consideravam uma honra serem autorizados a viver nas vizinhanças da cidade.

“Eeeeh! S-senhor, o que é isso? ”

“AH, desculpe, mas atualmente eu só tenho estes comigo.”

“……”

Zeshald deu de ombros para um impotente local, confundido que o Shouka amarelo foi dado, era um erro.

Para o serviço de guardar o vagão apenas um único Shouka verde era o suficiente como pagamento, ainda, porque todos os shoukas verdes que Zeshald tinha em sua bolsa haviam virado os vermelhos, a menor quantidade de dinheiro que Zeshald tinha era um Zalnar Shouka amarelo. Tendo recebido mais de três vezes o seupagamento habitual, o impotente local, gritando de alegria, assumiu as suas funções de guarda.

“Seu grito era bastante coisa, hein?”

“Isso é porque para eles é um monte de dinheiro.”

Zeshald respondeu Yusuke, que estava vislumbrando [no local] sob o capuz que caia baixo o suficiente para esconder seus olhos. A capa com capuz estava preparada para cobrir o cabelo de Yuusuke porque cortar os cabelos ou usar uma peruca de cor diferente era um tabu nesta sociedade.

Usuários de artes divinas, sendo capaz de sentir o poder de outro usuário, eram capazes de usar isso para discriminação. Yuusuke, cujo poder carregava um sentimento diferente (atmosfera) em torno dele, considerou as suas escolhas para evitar os olhares desconfortáveis de outras pessoas. Estar perto Zeshald e fingir ser seu aprendiz ao mesmo tempo, era uma ideia simples e conveniente.

À noite Zeshald e Yuusuke sairam para caminhar ao redor da cidade para procurar em torno de algumas coisas que tinham que comprar nas bancas da rua central. O mercado de tendas de rua era um aspecto famoso do distrito mais baixo. Somando-se o tamanho da Sanc Adiet, pode-se encontrar todo o tipo de itens que você poderia imaginar neste mercado. Era um lugar onde os negócios de dezenas de pessoas floresciam a cada dia.

No bairro inferior foram autorizados cidadãos para manter as bancas até o por do sol de graça. No entanto, se eles queriam criar a sua loja no distrito de classe média ou da nobreza eles eram obrigados a comprar uma licença de loja.

Chegando ao bairro nobre, quase todas as roupas e adornos eram feitos. Mesmo entrando em um restaurante sem traje formal não era permitido.

“Você vai vender seus produtos aqui?”

“Sim, um conhecido meu tem uma loja mais acima na estrada. Ele estava interessado nisso depois de ouvir sobre você “.

Amanhã de manhã, depois de garantir a tenda, os dois planejavam vender os calçados, roupas e produtos de origem animal, como lã. Depois de obter o dinheiro, eles pensavam sobre a compra de comodidades diárias e voltar para a aldeia.

Zeshald que estava à procura de uma barraca de cerâmica para substituir uma prato que Sun quebrou há algum tempo, de repente sentiu uma presença de um poderoso usuário de artes divinas e olhou para o outro lado da rua.

“Algo está errado?”

“Mhm …”

Yuusuke também parou e olhou da mesma maneira. De repente, a multidão se abriu e um grupo de pessoas, vestindo armadura decorada luminosamente apareceu. Eles eram soldados [Divinos], que se via várias vezes perto das portas da cidade. Era um grupo orgulhoso, encarregado de proteger a ordem pública e tinha uma atmosfera única em torno deles.

“O que é aquilo?”

“Um membro da realeza com seus retentores desceu incógnito do palácio.”

“Incógnito?”

“O grupo se destaca tanto, eu não entendo o que [” incógnito “] significa aqui.” – Respondeu Yuusuke ignorantemente. Depois de ouvir o comentário de Yuusuke, Zeshald acenou com a cabeça, dizendo: “Eu vejo”, e explicou a Yusuke o que “viajando incógnito” significava neste mundo.

Usuários artes divinas podiam sentir a presença de outros usuários artes divinas. Desde há algum tempo a realeza tem usado os seus poderes em todo o reino durante os eventos e festivais, assim todo mundo nesta cidade conhecia a aura que eles carregavam. Assim, se eles pudessem disfarçar-se e descer para a cidade, ele seriam detectados imediatamente.

Enquanto era possível para funcionários do palácio ou alguém não tão bem conhecido para viajar de acordo com o entendimento de Yuusuke de “incógnito”, para a realeza, que usava seu poder para impor respeito das classes mais baixas, esconder a sua presença como isso era impossível.

Por essa razão, tornou-se uma norma para família real a ser cercada por soldados do palácio quando queria viajar “incógnito” para passear, se divertir, ou verificar o bem-estar ou a obediência dos usuários artes divinas comuns.

“Bem, a realeza raramente desce para a cidade … … .. Isso é ruim!”

Enquanto Zeshald estava dizendo Yuusuke isso, seu rosto de repente ficou preocupado quando ele reconheceu alguma coisa. Ele olhou para Yuusuke e disse:

“Temos que deixar este lugar rapidamente”

“Qu- o quê? O que há com toda a urgência? ”

***

“Princesa, está na hora de voltamos ao palácio.”

“Você está dizendo coisas chatas novamente. Olhe, a cidade ainda está ocupada. ”

Violet, caminhando “incógnita” em torno da cidade, acompanhada de seu assistente próximo e vários retentores, estava olhando ao redor das barracas alinhadas ao longo da rua central. Ao olhar em torno de bugigangas interessantes para as classes mais baixas sentiu de repente uma aura nostálgica. Parou imediatamente ela olhou ao redor.

“Isso é… !”

Violet saiu do círculo seus ajudante e retentores formado em torno dela, confundindo eles por sua súbita parada, e desapareceu na multidão. Seu ajudante, Krielov, ficou momentaneamente atordoado por sua ação repentina, mas logo recuperou a compostura e correu atrás da princesa.

“Encontrei você, Zeshald!”

“Ugh …”

“Whoa, o que!”

Yusuke, que foi às pressas tentando deixar este lugar como ele foi dito por Zeshald para ficar longe da rua, foi surpreendido por uma jovem que, de repente abordou Zeshald pela cintura. Ela parecia ser obstinada, tinha seu cabelo vermelho preso em duas caudas, e usava um vestido carmesim caro aberto.

“Princesa, por favor seja gentil com os idosos.”

“Você está dizendo que ainda você está sempre fora vagando em algum lugar ao redor do mundo.”

O atendente Krielov do [Batalhão do Deus do Fogo], depois de ter finalmente chegado até a princesa, reconheceu Zeshald e fez uma expressão fria.

Krielov não gostava de Zeshald. Atualmente governante, Esvobus Volance, o admirado [Rei Parede Carmesim], que Krielov serve, era um bom amigo de Zeshald, mas atualmente, devido às circunstâncias, o relacionamento deles estava complicado.

“Não se envolva com Zeshald.”, Disse o rei Esvobus, parecendo como se ele não estivesse dizendo algo.

Para Rei Esvobus, um usuário de artes de fogo de grande força, para mostrar favoritismo, fez seus vassalos fiéis, incluindo Krielov, criarem desagrado para com Zeshald. Pensando “Poderia ser que Zeshald é algum tipo de fraqueza do rei?” Krielov perguntou a princesa a “volte para o palácio”, enquanto educadamente se desculpava. Os soldados do batalhão do Deus do Fogo, adivinhando a intenção de seu comandante, cercaram a princesa com um anel de proteção de acordo com o seu dever.

“Não é por do sol já? Seu pai vai ficar preocupado se você não voltar para o palácio em breve. ”

Violet, insatisfeita porque ela estava sendo tratada como neta por Zeshald, de repente mudou de expressão facial, inchado suas bochechas ao mesmo tempo colocando as mãos em seus quadris, ficou ainda mais perto do velho, e apontou o dedo em direção ao seu peito.

“Eu não sou mais uma criança. Você também deve saber isso … ”

“Bem, então qual é o segredo do porquê este velho senil travou seu interesse alteza ?”

“!! Princesa, se comportar assim é ..! ”

Além de levemente interromper os pensamentos dela perto do assessor, Princesa Violet, depois que sua tentativa de sedução falhou completamente,mais uma vez inchou suas bochechas com toda sua força.

“Che, parece que eu não tenho sex appeal suficiente.”

“É porque o que você está tentando seduzir desta vez é um velho fraco …”

Zeshald timidamente respondeu a chateada Violet. Como Krielov perdeu a paciência e os soldados do batalhão do Deus do Fogo realizaram silenciosamente seu dever, Yusuke, sendo ignorado como um estranho total foi ficando de lado e olhando para os soldados, enquanto pensava – “Que uma princesa moleca”.

“Você, você emite uma aura estranha.”

“QUE?”

Yuusuke, estupefato por ser falado assim de repente, lançou um estranho som de sua boca. Virando a cabeça para trás, diante de seus olhos Yuusuke vi uma senhora auto-confiante com uma cara bem caracterizado, e que irradia pelos olhos vermelhos, cheios de determinação. A princesa estava caminhando em direção a ele.

Violet, reconhecendo uma existência que não se separou imediatamente de Zeshald ao ver esses eventos, teve um interesse no rosto da pessoa que emitia a aura de uma desconhecida arte divina que ela nunca sentiu antes. Felizmente seu avanço foi prontamente interrompido por Zeshald.

“Ele é uma pessoa tímida, se a princesa continua a olhando para ele assim, ele desmaiará a partir do stress.”

“Hmm …”.

Violet piscou os olhos, não menos interessados no comportamento de proteção de Zeshald, em comparação com a aura misteriosa do usuário artes divinas com capuz, bufou, e obedientemente saiu. Aparentemente posando ela estalou os dedos em direção a dois.

Naquele momento, depois de emitir um ruído de crepitação (um som de queima), a capa de Yuusuke começou a queimar.

“Queeeeeeeee ?!”

“Ugh! Isto é mau.”

“Ahahahaha ~”

Mesmo que a chama foi rapidamente encharcada pelas artes de água de Zeshald, os espectadores foram alertados pelo uso de Violet das artes divinas. A princesa, que estava rindo alto, foi forçada a se comportar por Krielov, que correu para o lado dela.

“Princesa! Por favor, comporte-se. As Sagradas artes divinas da realeza não devem ser usado de forma imprudente na frente das pessoas de castas mais baixas assim! ”

“Deixe-me sozinho!”

Yuusuke, quase tendo a cabeça queimada, interferiu na admoestação do próximo auxílio da princesa moleca imprudente. Interferir em uma conversa entre uma princesa real e seu assistente próximo era algo que era mesmo impossível de conceber para os usuários das castas mais baixas. Isto novamente acendeu o interesse de princesa em Yuusuke enquanto ela olhava para ele … e congelou …

“Gah! Que princesa moleca absurdamente incontrolável. ”

Yusuke, de pé ali falou sem qualquer respeito enquanto jogava a capa com um capuz queimado para realizar um reparo de personalização mais tarde, percebeu súbita falta do tumulto que estava acontecendo apenas um momento atrás.

“V-você …”

“O que você quer?”

“Tu és o Deus da calamidade …? Você veio para destruir o meu país? ”

“Eh?”

Yuusuke perdeu a voz por um momento novamente. [“Oh cara …”], Zeshald olhou para o céu enquanto cobria suas sobrancelhas. O silêncio que caiu entre os espectadores quando o membro da realeza apontou o [Deus da calamidade] desapareceu em um instante.

Não importa o que, chamar alguém de um deus do mal não era natural. Depois de toda a existência de um “ser que trouxe calamidade cada 300 anos” fosse diretamente comprovada.

“Uhm, o poder do deus da calamidade … a grande calamidade …”

“Eu não acho que este é o lugar para falarmos coisas agradáveis.”

Krielov, que estava bem atrás de Violet, imediatamente mostrou porque era o comandante do batalhão do Deus do Fogo e ordenou às suas tropas.

“Prendam aquele que ameaçou nosso mestre imediatamente.”

Anúncios

Um comentário em “WCC – Capítulo 4

  1. Gin Wolfstein disse:

    Pelo que deu pra ver foi a Violet que ameaçou o Yuusuke esses guardas precisam de óculos…
    Obrigado pelo cap >w<

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: